BOCA MIÚDA: Os bastidores da política na Região dos Lagos nesta quinta-feira (13)

Henrique Gomes anuncia fim das blitz em Búzios; Polêmica do PAM de Santo Antônio continua; Jandira Feghali em Arraial, Cabo Frio e no RC24h; Novo secretário de Educação aldeense explica o porquê do staff; Barraco no comitê do 22 em Iguaba; Miguel Jeovani contra-ataca; Justiça barra Quaquá e PT-RJ fala em covardia; E muito mais...


MANDOU PARAR COM A BLITZ

Depois que André Granado teve o pedido de recurso negado pela Justiça, o prefeito em exercício de Búzios, Henrique Gomes, começou a colocar seu estilo de governar em prática. Nesta quinta-feira (13), determinou o fechamento do depósito de carros apreendidos da cidade e mandou parar as blitz realizadas pela Guarda Municipal. O prefeito quer saber se o depósito tem alvará para funcionar e se não tiver, não vai abrir mais. Aliás, na Rua das Pedras, o comentário é que Henrique Gomes trocou as fechaduras de todas as portas e janelas da Prefeitura. Teve até buziano dizendo que foi uma trabalheira danada trocar tudo. 

 

 

DIREITO DE RESPOSTA

A polêmica envolvendo o PAM de Santo Antônio, no segundo distrito de Cabo Frio, continua. Em postagem no Facebook, o administrador da unidade, Bruno Marques, se defendeu das acusações feitas pelo vereador Jefferson Vidal, classificando como ataques descabidos e mentirosos vindos de um edil que tem medo de perder o curral eleitoral dele. Segundo Bruno, o vereador tinha controle absoluto dos contratos e indicações políticas em diversos setores da máquina pública no governo passado, onde ele alocava os cabos eleitorais dele. “Segundo as atuais administradoras alguns setores eram disputados por seus cabos eleitorais como: Marcação de consulta, marcação de exames e a própria administração, o restante era distribuído pelos outros setores do posto, a ordem era dada pelo vereador, onde havia disputa de cargo e poder. Com a mudança da gestão, alguns não quiseram se adequar à nova realidade, mantendo postura ética e profissional, alguns poucos querendo insistir nas mesmas práticas incorretas, como de atender todos os pedidos de marcação vindo do vereador Jeferson Vidal ou dos cabos eleitorais dele que tinham acesso livre. Não satisfeitos tentam atribuir a nova gestão suas antigas práticas para criar fatos políticos para que seus esquemas não acabem, por isso toda esse teatro político!”, afirma Bruno na postagem no Facebook.

 

 

DIREITO DO VEREADOR

Jefferson Vidal, por sua vez, desmentiu as afirmações de feitas por Bruno Marques. Segundo o vereador, é papel e direito dele denunciar irregularidades e cabe aos acusados provarem que isso não está acontecendo. De acordo com Jefferson, as ameaças aos funcionários do PAM continuam, tanto que muitos relataram que homens armados estiveram na unidade para coagir as pessoas. “Quem relatou isso para mim foram os servidores que trabalham na unidade. Não vou parar de investigar, não posso parar com o meu trabalho. Quanto ao Bruno, quero que ele declare qual o cargo dele na unidade? Qual a função ele desempenha, para mandar e desmandar tudo? Quero saber, pois nem a subsecretária de saúde sabe”, afirmou o vereador.

 

 

BEM AO ESTILO DE MERI

Mari Damaceno já assumiu a Secretaria de Cultura e está trabalhando. E não é porque virou secretária que mudou o estilo irreverente de ser. Nesta quinta-feira (13) ela postou foto com os colegas de trabalho e a legenda foi bem a casa de Meri: “Como não querer trabalhar ao lado de uma turma fodástica desta!”.  

 

 

 

IBASCAF AO VIVO

O presidente da Comissão Permanente de Licitação do Instituto de Benefício e Assistência aos Servidores Municipais de Cabo Frio (Ibascaf), Paulo Jordão, emitiu comunicado nesta quinta, informando que todo processo de licitatório do instituto será transmitido ao vivo pela internet. As transmissões serão feitas via Youtube e Facebook, no canal e página oficiais do Ibascaf, onde os vídeos ficaram disponíveis para os internautas e também armazenados. A outra novidade anunciada é que não será mais preciso ir ao Instituto para pegar o edital, basta acessar o site www.ibascaf.rj.gov.br, e baixar o documento.

 

 

#15MINUTOSNORC

O entrevistado no #15MinutosNoRC desta quinta-feira (13) foi é o vice-prefeito de São Pedro da Aldeia e candidato a deputado federal pelo Democratas. Ele chegou na redação do Portal RC24h relaxadão, pronto para responder as questionamentos e expor as ideias dele. Até deitou no divã da Renata Cristiane, estrategicamente posicionado para os políticos contarem todos os segredos. Mauro Lobo falou sobre representatividade e a disposição dele para lutar pelo aumento dos royalties do petróleo para São Pedro da Aldeia.  Confira a entrevista na íntegra clicando neste LINK.

 

 

 

 

 

JANDIRA FEGHALI

Outra que concedeu entrevista imperdível ao Portal RC24h, foi a deputada federal e candidata à reeleição do PCdoB, Jandira Feghali, que esteve em Cabo Frio e Arraial do Cabo nesta quinta-feira (13) cumprindo agenda de campanha, junto com o vice-prefeito cabo-friense, Felipe Monteiro. Na entrevista, a deputada que está na vida pública há 30 anos, falou sobre as leis que ela aprovou e a luta no congresso. Jandira ressalta que o eleitor tem que avaliar muito em quem vai confiar o voto, pois “a vida das pessoas passa pelo congresso. É lá que se vota o orçamento e as leis. Portanto, é muito importante pensar e escolher com seriedade”. Confira a entrevista na íntegra, clicando neste LINK.

 

 

COMISSÃO TÉCNICA

O novo secretário de Educação de São Pedro da Aldeia, Alessandro Teixeira, leu a nota da Boca Miúda e entrou em contato para esclarecer que, em determinados setores da administração pública, há a necessidade de planejamento e conhecimento no trato com recursos. Por essa razão, o novo secretário optou por levar técnicos de confiança, que trabalhem na mesma linha que ele pretende seguir, por ter o setor necessidades específicas. E tem mais, o novo secretário afirma que tem carta branca do prefeito Cláudio Chumbinho para ele negociar com os sindicalistas. No estilo dele lorde de ser, Alessandro pretende abrir o diálogo com o Sepe Costa do Sol, tanto que já agendou mesa de negociação. E tem mais: disse que o prefeito confirmou que vai participar. O objetivo de Alessandro é avançar nas negociações e acabar com a greve, além de solucionar outras questões como as necessidades das escolas da rede municipal.

 

 

 

BAIXARIA NO COMITÊ DO 22

Em Iguaba Grande, uma briga de mulheres dentro e fora do comitê de campanha de Rodolfinho Pedrosa deu o que falar na cidade nesta quinta-feira (13). A pancadaria ocorreu na quarta-feira (13) e um vídeo foi publicado em grupo do Facebook de Iguaba Grande, com o seguinte texto: “Bom, se eles não conseguem coordenar uma equipe de campanha, imagine uma cidade?”. A turma da Praça Edila Pinheiro assistiu ao vídeo estarrecida e estão até agora pensando no que comentar. Diante de tanta baixaria, o jeito é mesmo, não comentar nada, pois as imagens falam por si só.

 

 

 

CONTRA A FAKE NEWS

Um dos assuntos mais discutidos hoje no mundo é o combate às notícias falsas e tem sido uma das maiores preocupações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que promete garantir um jogo limpo nas eleições deste ano. Nos últimos meses, inúmeras publicações mentirosas foram removidas da internet por decisão da justiça, evitando assim danos irreparáveis às candidaturas. De autoria da deputada estadual Marcia Jeovani (DEM-RJ), já está tramitando na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) o projeto de lei nº 3.895/2018, que cria o Programa de Enfrentamento à Disseminação de Informações Falsas (Fake News) na Internet e em dispositivos móveis, com o objetivo de agilizar a investigação da denúncia feita pela vítima desses infratores cibernéticos. Esse projeto de lei viabiliza também a ampliação de mecanismos e instrumentos para a melhor funcionalidade da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) e sugere a criação de campanhas de esclarecimento e combate a essa prática. Com parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça da Casa, a proposição agora aguarda os pareceres de outras comissões para discussão e votação em plenário.

 

 

PARTIU PARA O ATAQUE

Um vídeo do ex-prefeito de Araruama, Miguel Jeovani, está correndo as redes sociais nesta quinta-feira (13). Desta vez, MJ, que é sempre polido nas palavras, sentou a marreta. Parou de ser aquele político frufru e partiu o ataque, mandando na lata: “Quero saber onde está o meio bilhão de reais que O TCE diz que a prefeita não prestou conta”, disse o ex-prefeito. Verdade seja dita, desde que saiu da Prefeitura de Araruama, por muitas vezes, Miguel Jeovani se defendeu das acusações da prefeita Lívia Bello e do marido dela, Chiquinho da Educação. Mas, ao que parece, MJ decidiu mudar a postura. Vamos ver no que isso vai dar.

 

 

 

BEM RECEBIDO

O novo secretário de governo de Renatinho Vianna, Claudio Bastos, nomeado desde começo do mês, revelou que está “satisfeitíssimo” na sua nova função. E tal satisfação deve-se ao apoio e receptividade ele disse ter sentido por parte do prefeito, dos outros secretários e dos vereadores.  Claudio chegou chegando! Cativando e ajudando. Descolado e bom articulador, há quem diga que apesar do pouco tempo, vem desempenhando de forma surpreendente, o papel de capitão da equipe, depois que o prefeito lhe deu a braçadeira do time. E olha que para ser aceito no Cabo, o cabra tem que ser bom. Por lá, o ciúme é dobrado e as cobranças também. Mas Bastos não se intimida e vai conquistando espaço cada dia mais.

 

 

QUAQUÁ INELEGÍVEL

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro negou, por cinco votos a um, na noite de quarta-feira (12) o registro da candidatura a deputado federal do presidente estadual do PT, Washington Quaquá. Ele está proibido de fazer campanha e de receber recursos do Fundo Partidário. O Ex-prefeito de Maricá é condenado em segunda instância em ações de improbidade administrativa. Nesta quinta-feira (13), o PT do Rio emitiu nota afirmando que o TRE cometeu uma “violência contra a democracia ao negar, de forma arbitrária, o registro da candidatura a deputado federal do presidente do PT-RJ, Washington Quaquá, ao proibir que ele faça campanha, enquanto os recursos contra a decisão são examinados nas instâncias superiores”. O PT conclama as forças democráticas a denunciar e repudiar mais essa arbitrariedade, que nos remete aos tempos da ditadura.

Categorias: Boca Miúda

Fotos da notícia




Outras notícias