Deputados da Região dos Lagos se pronunciam sobre prisão do governador Pezão

Um dos piores momentos da história política do RJ é lamentada por parlamentares


Deputados da Região dos Lagos repercutiram nesta quinta-feira (29) a prisão do governador Luiz Fernando Pezão (MDB). Ele foi detido nas primeiras horas desta quinta-feira (29), durante a operação Boca de Lobo da Polícia Federal. O fato foi o principal assunto hoje entre os parlamentares, que defendem uma apuração rigorosa do caso.

Onde há fumaça, há fogo. Para o deputado Silas Bento (PSL), todos que estão sendo investigados "nessa máfia do Cabral" têm a probabilidade de serem presos. "Há muito tempo que essa fumaça vem chegando aos olhos do povo do estado do Rio. A fumaça virou fogo. Para mim isso não e nenhuma novidade, já estava para acontecer há muito tempo", disse o parlamentar.

Também a favor das investigações, a deputada Marcia Jeovani (DEM) disse que é a pior crise por que passa o estado do Rio de Janeiro. "Sou a favor das investigações da Lava Jato e quero aqui reforçar que através do meu mandato na Alerj, juntamente com outros colegas parlamentares, não medi esforços para ajudar a tirar o Estado dessa pior crise de sua história política e administrativa. O trabalho no Legislativo continua com a votação da LDO 2019 e outros projetos importantes, como a prorrogação do Estado de Calamidade nas finanças, e do Fundo de Combate à Pobreza", frisou a deputada.

O deputado estadual Janio Mendes (PDT) lamentou o fato. "O fato é lamentável mas necessário no processo político que o Rio de Janeiro está passando. Esperamos que a apuração rigorosa dos fatos. Vamos aguardar", comentou.

 

Categorias: Política

Fotos da notícia




Outras notícias